25 de março de 2016

Mínimos Oratórios d'Água para guardar Hojes



11 - antes de acordar -

Creio mais nos sábados
porque acho que eles não sabem rezar.

Minutos antes do acordar
costumo vir aqui
nessas nascentes
 preparar os olhos

e manter em dia
as oradas do porvir.

Espargir gotículas seculares,
recolher os benzimentos,
proteger os lugares mais sozinhos
do pensamento.

Música celta involuntária. Aquática.
Cética. Ática.

O mar Egeu não me elegeu guarda-vidas.
Mas Deus?!!

Eu...que navegava em liturgia e
sem fronteiras,

que tinha balsas!

que não acreditava no passo em falso
dessas ondas...

e as chamava pelo nome.

Desanimo dos ninhos marinhos
de Deus - de novo Deus -
 mas não sei...
 onde Ele estava na hora tão brava.

Agora - de novo agora -
tudo está a um palmo
da alma
e ela é líquida.

Tudo é líquido.
E foge pelos cantos dos olhos.

Porque não há acordos no mundo.
Ao acordar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário